Webmail

Blog da Arco Informática

10 de Outubro de 2018 - 08h46

Medidas para melhorar a usabilidade do seu e-commerce

Os números relacionados ao comércio eletrônico não param de crescer.

reprodução.
reprodução.
Os números relacionados ao comércio eletrônico não param de crescer. O relatório E-commerce Radar, com dados relacionados ao primeiro semestre de 2018, apontou que o número de pedidos de e-commerce registrou aumento de 13,5% quando comparado ao primeiro semestre do ano passado. Por isso, o comércio eletrônico pode ser um aliado importante para o seu negócio. Mas, para conquistar o sucesso nas vendas online, além de colocar o site no ar, é preciso investir em um portal com visual agradável, intuitivo e fácil de navegar, ou seja, que preza pelos critérios de boa usabilidade. Em outras palavras, o termo define a facilidade com que os usuários do e-commerce irão ao navegar dentro dele e realizar as ações desejadas.

Na busca por uma boa usabilidade, é importante avaliar os seguintes aspectos:

1. Traga um texto simples

Usabilidade é, basicamente, tornar o site fácil e agradável de usar. Por isso, é preciso observar o quesito linguagem: termos técnicos demais ou com um vocabulário muito específico podem distanciar você de seu público e causar dificuldades de compreensão. Então, seja o mais simples e direto possível ao longo do texto.

2. Garanta a liberdade de escolha do usuário

Por mais que a intenção seja que o usuário realize a compra, o e-commerce precisa destacar claramente opções para sair, cancelar, desfazer ou editar o que for necessário. Certifique-se de que você está oferecendo todas essas opções possíveis e de forma clara. Caso contrário, o usuário pode simplesmente desistir do seu e-commerce, inclusive em futuras compras.

3. Mantenha o padrão das páginas

Garantir uma identidade nas páginas auxilia bastante a navegação e a busca pelas informações desejadas. Por isso, busque deixar as telas com o mesmo padrão visual. Deixar intuitivo o processo de localização dos dados mais importantes sobre os produtos e serviços também deve ser outra preocupação.

4. Faça testes de navegação

Procure avaliar se os links do seu comércio eletrônico direcionam corretamente para as páginas de destino e verifique sempre se não há páginas com erro. Essa atenção constante demonstra respeito com seus usuários e potenciais clientes, além de facilitar os processos de compra.

5. Disponibilize canais de comunicação com os clientes

Por fim, por mais que seu e-commerce seja intuitivo, é necessário disponibilizar canais de ajuda, chats e canais de comunicação com o público para esclarecer possíveis dúvidas.

Com essas medidas, será mais fácil navegar no seu comércio eletrônico e, principalmente, conquistar mais clientes.

Fonte: E-commerce News
COMENTÁRIOS
* Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Arco Informática.