Webmail

Blog da Arco Informática

16 de Outubro de 2017 - 10h32

Teste revela os navegadores que mais gastam bateria nos notebooks

Cada uma das empresas responsáveis por navegadores populares diz que a sua criação é a que permite maior duração da bateria em notebooks, será que é verdade?

Chrome, Edge, Firefox e Opera
Chrome, Edge, Firefox e Opera
Cada uma das empresas responsáveis por navegadores populares diz que a sua criação é a que permite maior duração da bateria em notebooks. A Microsoft, por exemplo, tenta convencer os usuários do Chrome de que seu navegador, o Edge, é mais econômico - e já realizou testes para, supostamente, comprovar isso.

O site Digital Trends, porém, realizou um teste paralelo para avaliar com os próprios olhos o consumo de bateria de cada navegador. Foram testadas as versões mais recentes do Chrome, Edge, Firefox e Opera, em dois notebooks da HP: um Spectre x360 e um EliteBook x360, ambos com a versão mais recente do Windows 10.

Os testes foram feitos em uma rede doméstica, com as telas configuradas para 100 lux de brilho, e com o mínimo de interferência de apps em segundo plano. As máquinas foram carregadas até 100% da capacidade de sua bateria e deixadas até que se desligassem. Todos os navegadores rodaram nas configurações padrão, sem nenhum recurso de economia de bateria ativado. Confira abaixo os resultados:

Basemark

No primeiro teste, os navegadores ficaram rodando o benchmark chamado Basemark até que sua bateria se esgotasse. O Basemark é um teste que avalia a capacidade dos navegadores de realizar boa parte das tarefas que a internet atual exige. Ele foca em performance, não em eficiência, e por isso esgotou rapidamente a bateria de todas as máquinas. Veja o ranking das duas máquinas:

Spectre:

1º - Edge - 216 minutos
2º - Opera - 206 minutos
3º - Firefox - 200 minutos
4º - Chrome - 198 minutos

EliteBook:

1º - Opera - 286 minutos
2º - Firefox - 274 minutos
3º - Edge - 266 minutos
4º - Chrome - 261 minutos

Netflix

Em seguida, o site comparou como os navegadores se saíam na hora de assistir à Netflix. Para isso, eles deixaram os dois computadores rodando a primeira temporada da série "Lost". Como essa série não está disponível em 4K no serviço, o Edge (que era capaz de rodar 4K em máquinas com processador Intel Core de 7a geração) não ficaria em desvantagem. As diferenças em resultado foram grandes o suficiente para que a escolha do navegador faça bastante diferença quando você for fazer uma maratona. Confira:

Spectre:

1º - Edge - 422 minutos
2º - Opera - 417 minutos
3º - Chrome - 388 minutos
4º - Firefox - 322 minutos

EliteBook:

1º - Edge - 477 minutos
2º - Opera - 451 minutos
3º - Chrome - 402 minutos
4º - Firefox - 371 minutos

Navegação na internet

Para testar o desempenho dos navegadores em abrir e fechar diversos sites, o Digital Trends usou um scritp que orientava cada navegador a abrir uma página, deixá-la rodando por algum tempo, fechar-se e abrir novamente em outra página. O script passou por diversos sites populares e rodou até que os PCs se desligassem. Veja quem se saiu melhor:

Spectre:

1º - Edge - 353 minutos
2º - Opera - 327 minutos
3º - Chrome - 324 minutos
4º - Firefox - 299 minutos

EliteBook:

1º - Opera - 382 minutos
2º - Edge - 377 minutos
3º - Chrome - 357 minutos
4º - Firefox - 342 minutos

Conclusão

No final das contas, o site considerou que o navegador vencedor do teste foi o Edge. Isso porque ele ficou em primeiro lugar em três dos seis testes, e em segundo lugar em dois outros. Além disso, ele nunca chegou em último. O Opera ficou em segundo lugar, pois também ganhou outros três testes, mas ficou bem atrás do Edge em dois outros testes, vencendo-o apenas uma vez.

Em terceiro lugar ficou o Chrome, cuja eficiência foi consistentemente pior que a dos outros dois navegadores. O Firefox, por sua vez, foi o que se saiu pior nos testes. Embora raramente tenha havido uma diferença dramática entre os quatro navegadores, as diferenças são suficientes para tornar os dois primeiros colocados (Edge e Opera) mais recomendáveis, ao menos quanto a eficiência da bateria dos notebooks.



COMENTÁRIOS
* Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Arco Informática.