Webmail

Blog da Arco Informática

02 de Agosto de 2019 - 14h36

Como as lojas podem alavancar as vendas no dia dos Pais

Comemorado no segundo domingo de agosto (11), o Dia dos Pais, é considerado como uma das principais datas importantes para o varejo.

reprodução.
reprodução.
Comemorado no segundo domingo de agosto (11), o Dia dos Pais, é considerado como uma das principais datas importantes para o varejo. De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o comércio eletrônico deve movimentar R$ 2,55 neste dia, e apontou crescimento de 14% em comparação ao ano passado. O levantamento mostra também que o tíquete médio das compras é de R$ 296.

Mas, mesmo assim os consumidores têm procurado adquirir produtos com valores promocionais. Diante desse cenário, os lojistas têm disponibilizado cada vez mais itens com descontos com o objetivo de atender esse perfil de público. Um estudo feito pela startup Promobit, as categorias que terão mais ofertas serão perfumes, beleza e saúde (1127); moda e calçados (1091); eletrônicos, áudio e vídeo (1027); informática (868) e smartphones, tablets e telefones (688).

Além de oferecer essa facilidade, os lojistas precisam se atentar a outros pontos que são importantes para garantir o sucesso nesta data. Pensando nisso, listamos algumas dicas de especialistas para ajudar os lojistas a aumentar as vendas durante esse período.

Utilize tecnologias de inteligência analítica

Prever o comportamento do consumidor é muito importante para oferecer as melhores promoções e influenciar as vendas de determinados produtos, para que haja o aumento do faturamento das lojas, principalmente durante as datas sazonais. E, para que essa análise seja feita de forma precisa e que gera resultados, o uso da tecnologia e as campanhas de inteligência analítica são indispensáveis para os lojistas”.

Segurança

A sazonalidade e o aumento das vendas podem trazer um problema para quem tem loja virtual: compras de origem fraudulenta, como as feitas com cartões de crédito clonados. Nestes casos, o prejuízo pela transação ilegítima vai para o bolso do e-commerce. “Por isso, o varejista precisa se proteger com soluções de alto nível tecnológico, que combinem todas as principais técnicas de análise de risco (como verificação de dados cadastrais e de pagamento, fingerprint, monitoramento de comportamento de navegação, inteligência artificial, dentre outros) a fim de não apenas barrar transações suspeitas, mas também não interferir na experiência de compra do cliente legítimo”.

Comunicação

Para a sócia fundadora da Criamigos, franquia de pelúcias personalizáveis, o treinamento da equipe para entender as necessidades dos filhos ou famílias no atendimento, pode fazer a diferença no tíquete médio e na experiência desses consumidores com a marca. “O importante é tratar bem cada cliente, com atenção e cuidado, para que ele se sinta essencial para o negócio, tal como cada cliente é. Saber ouvir, orientar corretamente, se atentar aos detalhes e buscar oferecer o melhor para ele naquele momento, podem garantir o retorno e a continuidade do relacionamento dele com a loja”, indica Natiele Krassmann.

Tenha um bom relacionamento com o seu consumidor

O atendimento ao cliente atualmente é um grande diferencial competitivo nos negócios. Não adianta somente oferecer um bom produto ou solução, é preciso atender as expectativas dos seus consumidores. “Quando falamos em atendimento temos que pensar em todos os pontos que envolvem a experiência do consumidor, desde o primeiro contato até o pós-venda. Ou seja, é essencial que tudo esteja funcionando de maneira correta, principalmente, em relação a trocas e devoluções, que é onde os clientes enfrentam mais problemas. A minha dica é: tenha políticas transparentes e clareza nos processos”.

Análise a concorrência

É muito importante se aproximar de negócios que oferecem as mesmas soluções que a sua empresa. “Por isso, conheça as ofertas dos concorrentes, analise seus comportamentos e entenda as suas estratégias de comunicação com seus públicos de interesse. E lembre-se, monitorar a concorrência não pode ser uma tarefa periódica, já que, as mudanças são constantes”.

Engaje seus consumidores

A melhor maneira de engajar seus consumidores é oferecendo conteúdo e ofertas focadas nas suas necessidades. “Aposte em campanhas com uma boa segmentação e uma copy que reforce a necessidade do cliente. É preciso estar atento ao benefício que a sua solução trará para o consumidor, e não na sua especificidade técnica, foque no valor que ela vai agregar para quem a procura”.

Fonte: E-commerce News.
COMENTÁRIOS
* Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Arco Informática.